• Facebook
  • Instagram
  • YouTube
  • Até 7 dias para devolver a compra
  • Frete Grátis acima de R$ 270,00
  • Em até 12x sem juros no cartão
  • (47) 3842-0139
icone sacola
0
Seu carrinho está vazio :(
Frutíferas

COMO PLANTAR E CULTIVAR UVA

Publicado em 12.05.2022 |
39 visualizações

COMO PLANTAR E CULTIVAR UVA

Considerada uma planta trepadeira a videira da família das vitáceas, cujo fruto é a uva. Originou-se da Ásia, o seu cultivo é considerado uma das atividades mais antigas entre os homens devido aos seus deliciosos frutos para a produção de vinho. O plantio da uva no Brasil teve início em 1532, quando foi trazida pelos portugueses.

A uva é uma fruta conhecida pelos seus inúmeros benefícios, incluindo na manutenção do corpo e da pele. Isso porque essa fruta é extremamente rica em oxidantes, que estão presentes nas suas cascas, folhas e até mesmo nas sementes.

 Benefícios da uva

  • Contém substâncias antioxidantes que combatem a ação de radicais livres;
  • Possui propriedade anti-inflamatória;
  • Reduz a ocorrência de infarto, câncer e derrame;
  • Apresenta vitaminas do complexo B e vitamina C;
  • Contém minerais, como cálcio, fósforo, ferro, manganês e enxofre;
  • Protege o coração.

Além disso, o ingerir as cascas da uva é recomendado por especialistas devido ao fato de que essa parte é rica em fibras, auxiliando no funcionamento do intestino e na diminuição da fadiga muscular. Por isso, não deixe passar a oportunidade de cultivar essa planta em casa. A videira serve tanto para embelezar o ambiente como para gerar os deliciosos cachos que poderão ser saboreados in natura ou por meio de sucos, geleias e vinhos.

Existe vários tipos de uva para cada clima, sendo assim a videira possui diferentes espécies e tem ampla adaptação em diversos tipos de clima, no entanto algumas são mais apropriadas para alguns locais do que outras. Isso porque a temperatura e a luminosidade são fatores essenciais, que, além de influenciar na fotossíntese e produtividade da planta, também interferem na duração do seu ciclo fenológico (data da poda).

Como plantar uva em vasos

A começar pelos vasos necessários para esse tipo de planta, é preciso escolher cuidadosamente o recipiente que a sua muda irá crescer. Isso porque, caso escolha algo pequeno demais, as raízes não se alastrarão como deveriam, e isso fará com que a parreira não cresça e dê frutos do tamanho e na intensidade que você gostaria.

Para a escolha dos vasos, prefira aqueles mais altos e abertos. Se possível, utilize os que possuem uma base longa e redonda, pois esse é também o padrão de crescimento das raízes da parreira. Caso prefira plantar em um vaso menor para depois repassar, não há problema. Porém, repasse a muda da parreira ainda jovem, com até 6 semanas, para o vaso definitivo.

Isso fará com que seu pé de uva se acostume e se acomode melhor no vaso que ficará, de forma a nunca restringir o crescimento das raízes.

Solo ideal para uva

Um aspecto muito importante é a qualidade do solo que vai receber as sementes de uva. A fruta só vai surgir se a planta estiver bem e saudável, então invista em uma terra rica em compostos orgânicos, calcário e nitrogênio. Outro cuidado é com a luminosidade necessária. A videira precisa de luz direta por no mínimo seis horas todos os dias, e não pode ficar exposta a correntes de vento forte. Escolha os locais da casa onde a incidência de luz solar é maior, mas tome cuidado com correntes de ar que podem danificar a plantinha.

Todos sabem que o clima ideal para a uva é um pouco mais ameno, como o clima do sul do país, ou ainda da Argentina, Chile e da Europa.

Adubo e fertilizantes

Atente para os adubos e fertilizante após escolher seu solo de qualidade. Isso porque a plantação em vaso necessita de uma atenção especial em comparação ao solo convencional, já que a terra do vaso está menos em contato ao relento e às demais matérias orgânicas presente em um ambiente plenamente rural.

Por isso, utilize sempre esterco bovino curtido por ao menos 6 semanas, em uma quantidade que atinja 1/2 do volume do vaso. Além disso, opte por um pouco de esterco de ave na solução. Lembre-se sempre de escolher uma terra rica em adubo orgânico e humus de minhoca. Prepare essa terra e deixe-a curtindo no sol por ao menos duas semanas para então cultivar a sua uva em vaso.

 

Temperatura e luminosidade

A uva é uma fruta que necessita de condições muito específicas para crescer. A temperatura ideal para o plantio da uva é desde os 10ºC até os 22ºC. Obviamente, a maioria das regiões brasileiras passam um pouco dessa média, incluindo a região produtora de uva mais ao sul nos tempos de verão. Por isso, não se preocupe. Opte por plantar espécies de uvas mais resistentes ao calor.

Sustentação dos ramos para uva

A parreira é uma planta trepadeira. Isso significa que, se você deixar seu vaso de uva do lado de outra árvore ou mesmo outra planta pequena, a uva logo abraçará sua amiga ao lado, sufocando-a. Mas acalme-se, nem tudo está perdido. É possível afastar esse perigo com uma simples sustentação no seu vaso.

Por isso, assim que o seu pé de uva ultrapassar 15 centímetro, coloque uma haste sustentadora ao seu lado, mais ou menos 3 centímetros da base da planta, para que ela suba por essa haste e consiga alcançar um bom tamanho sem se apossar de outras plantas que estejam no seu jardim.

Pragas e doenças da uva

Há várias espécies de uva resistentes ao calor, outras às pragas e às doenças. Realmente, as pragas são grandes preocupações de grandes agricultores rurais. Porém, ao plantar a uva em vasos, é possível ter maior observação e maior controle da sua planta, tornando mais simples o combate ao invasor que estiver atrapalhando o crescimento do seu pé de uva.

Os maiores inimigos das uvas são a Mosca-das-frutas (também chamadas de Anastrepha fraterculus), pequenos invasores castanhos que se alimentam das uvas e da seiva da planta, e os ácaros brancos, um tipo específico de aracnídeo que fica no verso das folhas da uva e por ali se alastram, podendo até mesmo apodrecer suas raízes.

Para lidar com ambos, basta providenciar o inseticida Triclorfom, no caso das moscas, ou mesmo enxofre, caso os ácaros ataquem sua plantação.

Poda

A poda da uva é uma parte muito importante do seu crescimento. É por meio da poda que você direcionará os galhos da uva para onde você deseja, na intenção de obter a maior quantidade de uvas possível. Por isso, atente sempre para o período correto para podar o seu vaso de uva.

Saiba que o período ideal para fazer isso é após a época de dormência da uva, isto é, ao final do inverno, que no Brasil está entre os meses de agosto. Porém, devido às mudanças de temperatura do país, não se preocupe com a data específica. Procure ver em qual semana o frio intenso do inverno deixará a sua região e realize a poda da sua uva nessa data.

Manutenção da uva

Caso você realize todas essas dicas aqui expostas, não terá muitos problemas para a manutenção da sua uva em vaso. Procure ficar atento aos primeiros meses. De preferência, cultive mais de um pé de uva em vaso, a fim de compará-los entre si a fim de saber com maior rapidez se há algo errado no crescimento de alguma muda. Caso haja, basta adicionar mais adubo orgânico.

Rega

A rega da uva é um passo importante para se realizar com cautela. Lembra que as uvas crescem bem em climas frios? Pois saiba que nestas regiões, o volume de chuva também não é tão perene quanto estamos acostumados no Brasil. Por isso, não regue sua uva todos os dias. Duas vezes por semana é o ideal. Porém, fique de olho no solo do vaso e não deixe que ele fique seco por muito tempo.

Épocas das colheitas

A colheita da uva vai depender da espécie que você cultivou e da época que foi realizado o plantio. Porém, orienta-se em geral a colher a uva entre 3 e 4 meses após o cultivo no vaso. Isso porque, após esse período, a maturação do fruto atrai muitos insetos que se alimentam dele. Por isso, 70 dias é uma boa média para se ter em mente quando for colher as suas uvas em casa.

Uso da uva na culinária

Além dos típicos vinhos que por si só se destrincham entre tinto, branco, suave ou seco, a uva proporciona diversas receitas deliciosas para você preparar para a família e amigos. Isso porque, além de consumida in natura ou em salada de frutas, existem muitas receitas possíveis para além do clássico risoto de vinho branco.

São elas: o mousse de uva, a sobremesa de uva-verde com leite ninho, a tortinha de uva, além de pavês e bolos de uva. São muitas as opções para todos os gostos.

 Cultivo da uva

A uva é uma fruta conhecida pelos seus inúmeros benefícios:

  • Manutenção do corpo e da pele.
  • Fruta é extremamente rica em oxidantes, que estão presentes nas suas cascas, folhas e até mesmo nas sementes.
  • Possui propriedade anti-inflamatória;
  • Reduz a ocorrência de infarto, câncer e derrame;
  • Apresenta vitaminas do complexo B e vitamina C;
  • Contém minerais, como cálcio, fósforo, ferro, manganês e enxofre;
  • Protege o coração.

Plante sua uva em vaso;

Escolha cuidadosamente o recipiente que a sua muda irá crescer.

Para a escolha dos vasos, prefira aqueles mais altos e abertos.

Utilize os que possuem uma base longa e redonda, pois esse é também o padrão de crescimento das raízes da parreira.

A videira precisa de luz direta por no mínimo seis horas todos os dias, e não pode ficar exposta a correntes de vento forte.

 A temperatura ideal para o plantio da uva é desde os 10ºC até os 22ºC.

Para a escolha dos vasos, prefira aqueles mais altos e abertos. 

Seu pé de uva vai necessitar de um solo rico em fosfato e cálcio.

A colheita é entre 3 a 4 meses após o cultivo no vaso, depende da espécie que você cultivou e da época que foi realizado o plantio.

Além dos vinhos que por si só se destrincham entre tinto, branco, suave ou seco, a uva proporciona diversas receitas deliciosas para você.

Além de consumida in natura ou em salada de frutas, existem muitas receitas possíveis para serem realizadas com a uva.

Mondini Plantas e os cookies: a gente usa cookies para personalizar anúncios e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.