Ornamentais

Como Cultivar Muda de Iris

Publicado em 20.06.2023 |
Visualizações
655 visualizações

Como plantar muda de Iris:

Escolha a variedade de íris: Existem muitas variedades de íris disponíveis, cada uma com suas próprias cores e formas únicas de flores. Antes de plantar as mudas, decida qual tipo de íris você deseja cultivar. Algumas opções populares incluem a íris barbada (Iris germanica), íris japonesa (Iris ensata) e íris siberiana (Iris sibirica).

Prepare o solo: As íris preferem solos bem drenados e ligeiramente ácidos. Antes de plantar as mudas, prepare o solo soltando-o com uma pá ou enxada. Adicione matéria orgânica, como composto ou húmus, para melhorar a estrutura do solo e a retenção de umidade.

Escolha o local adequado: As íris gostam de receber pelo menos seis horas de luz solar direta por dia. Escolha um local ensolarado em seu jardim para plantar as mudas. Certifique-se de que o local também ofereça proteção contra ventos fortes, pois isso pode danificar as flores delicadas.

Plantando as mudas: Cave um buraco no solo que seja largo e profundo o suficiente para acomodar as raízes das mudas de íris. Coloque a muda no buraco, posicionando as raízes de forma que fiquem estendidas e espaçadas. Cubra as raízes com terra solta, certificando-se de que o rizoma (caule subterrâneo) esteja nivelado com a superfície do solo.

design sem nome 63

Como regar muda de Iris:

Frequência de rega: Durante os primeiros meses após o plantio das mudas de íris, a rega deve ser regular e consistente para ajudar as raízes a se estabelecerem. Regue cerca de uma vez por semana, fornecendo água suficiente para manter o solo úmido, mas não encharcado.

Verifique o solo: Antes de regar, verifique a umidade do solo inserindo o dedo cerca de 5 centímetros abaixo da superfície. Se o solo estiver seco nessa profundidade, é hora de regar. No entanto, se ainda estiver úmido, espere mais alguns dias antes de regar novamente.

Rega profunda: Ao regar as mudas de íris, certifique-se de fazer uma rega profunda. Isso significa que você deve fornecer água suficiente para que ela alcance as raízes mais profundas da planta. Evite apenas molhar a superfície do solo, pois isso encoraja o crescimento de raízes superficiais que são mais vulneráveis à seca.

Evite o encharcamento: Embora as íris apreciem umidade adequada, elas não toleram solo encharcado. O excesso de água pode levar ao apodrecimento das raízes e outras doenças. Certifique-se de que o solo tenha boa drenagem para evitar o acúmulo de água ao redor das raízes. Se o solo não for bem drenado, considere adicionar matéria orgânica para melhorar a estrutura do solo.

shutterstock 310745315 1000x600

Como podar a muda de Iris:

Remova as flores murchas: À medida que as flores das íris vão murchando, é recomendado remover as hastes florais. Isso ajuda a canalizar a energia da planta para o desenvolvimento das raízes e folhagem, em vez de desperdiçá-la na produção de sementes.

Corte de folhas mortas ou danificadas: Durante a estação de crescimento, é normal que algumas folhas das íris fiquem amareladas ou morram. Remova essas folhas mortas ou danificadas, pois podem ser uma fonte de doenças ou atrair pragas.

Poda de folhagem no final da estação de crescimento: No final do outono ou início do inverno, após a floração, você pode fazer uma poda leve na folhagem das íris. Corte as folhas para cerca de um terço de seu comprimento original. Isso ajuda a limpar a folhagem antiga e estimula o crescimento de novas folhas na próxima estação.

Divisão e poda periódica dos rizomas: As íris podem se tornar densas ao longo do tempo, e a divisão periódica dos rizomas é necessária para evitar o congestionamento e promover a saúde das plantas. A melhor época para fazer isso é geralmente no final do verão ou início do outono. Desenterre os rizomas e corte seções saudáveis, descartando as partes antigas e doentes.

download

Como fertilizar muda de Iris:

Escolha o fertilizante certo: Opte por um fertilizante balanceado, de liberação lenta, que contenha uma proporção equilibrada de nutrientes, como nitrogênio (N), fósforo (P) e potássio (K). Por exemplo, um fertilizante com a fórmula NPK 10-10-10 é uma opção adequada para as íris.

Aplicação na época certa: Aplique o fertilizante no início da primavera, antes do início do crescimento ativo das mudas de íris. Evite aplicar fertilizante no final do outono ou inverno, pois isso pode estimular um crescimento excessivo que pode ser danificado pelas geadas.

Distribuição uniforme: Espalhe o fertilizante uniformemente ao redor da base das mudas de íris, mantendo uma distância de cerca de 15 centímetros dos rizomas. Evite colocar o fertilizante diretamente em contato com as raízes, pois isso pode causar queimaduras nas plantas.

Quantidade adequada: Siga as instruções do fabricante para determinar a quantidade correta de fertilizante a ser aplicada. Em geral, uma colher de sopa de fertilizante por planta é suficiente. Evite aplicar fertilizante em excesso, pois isso pode resultar em um crescimento excessivo de folhagem em detrimento do florescimento.

design sem nome 4

Como identificar e tratar doenças ou pragas que afeta uma muda de Iris:

Manchas foliares: Se as folhas das mudas de íris apresentarem manchas amarelas, marrons ou negras, pode ser um sinal de infecção fúngica, como a mancha foliar ou oídio. Remova as folhas afetadas e descarte-as. Para o controle de doenças fúngicas, você pode aplicar fungicidas específicos para íris, seguindo as instruções do fabricante.

Podridão do rizoma: Se você notar um cheiro desagradável ou uma aparência podre nos rizomas das íris, pode ser um sinal de podridão do rizoma, geralmente causada por fungos ou bactérias. Remova imediatamente os rizomas afetados e descarte-os. Certifique-se de que o solo tenha boa drenagem para evitar o acúmulo de umidade ao redor dos rizomas.

Pragas de insetos: As mudas de íris podem ser afetadas por pragas como pulgões, tripes ou lesmas. Pulgões são pequenos insetos que se alimentam da seiva das plantas e podem causar deformação das folhas. Tripes também se alimentam das folhas e flores, deixando marcas prateadas. Lesmas podem causar danos às folhas e flores durante a noite.

Má nutrição: Se as mudas de íris apresentarem crescimento fraco, folhas pálidas ou amareladas, pode ser um sinal de deficiência de nutrientes. Nesse caso, fertilize as plantas com um fertilizante equilibrado, rico em nitrogênio, fósforo e potássio, seguindo as instruções do fabricante.

praga

Qual a quantidade de luz solar que a muda de Iris necessita:

Luz solar direta: As mudas de íris preferem receber pelo menos seis horas de luz solar direta por dia. Isso significa que é importante escolher um local de plantio onde as plantas possam desfrutar de uma exposição direta ao sol durante a maior parte do dia. A luz solar direta fornece a intensidade luminosa necessária para o crescimento robusto e a formação de flores.

Proteção contra sombra excessiva: Embora as mudas de íris precisem de luz solar, é igualmente importante protegê-las de sombras excessivas. A falta de luz solar adequada pode levar a um crescimento fraco, pouca ou nenhuma floração e folhagem descolorida. Evite plantar as mudas de íris em áreas onde sejam sombreadas por árvores, cercas ou outras plantas que possam bloquear a luz solar direta.

Luz difusa: Além da luz solar direta, as mudas de íris também podem tolerar luz difusa. Luz difusa refere-se à luz que é filtrada ou suavizada por meio de uma cobertura leve, como uma tela de sombreamento ou um dossel arbóreo. No entanto, é importante garantir que as mudas de íris ainda recebam uma quantidade adequada de luz mesmo em condições de luz difusa.

Adaptação a diferentes condições de luz: É importante observar que diferentes variedades de íris podem ter diferentes requisitos de luz solar. Algumas variedades podem tolerar um pouco mais de sombra, enquanto outras podem requerer luz solar direta constante. Familiarize-se com as necessidades específicas da variedade de íris que você está cultivando para fornecer a quantidade ideal de luz solar.

design sem nome 51

Como proteger a muda de Iris de condições Climáticas extremas, como Frio intenso ou Calor excessivo:

Frio intenso:

Cobertura do solo: Antes da chegada do inverno, aplique uma camada de cobertura morta, como palha ou folhas secas, ao redor das mudas de íris. Isso ajudará a proteger as raízes contra temperaturas extremas e a manter o solo mais isolado termicamente.

Mulching: Além da cobertura do solo, você também pode considerar o uso de mulching em torno das mudas de íris. Isso envolve o uso de materiais como serragem ou casca de árvore, que podem ajudar a reter o calor no solo e proporcionar uma camada adicional de isolamento.

Proteção física: Se você vive em uma região com invernos rigorosos, considere o uso de proteções físicas, como estacas de madeira ou gaiolas de proteção. Essas estruturas podem ser colocadas sobre as mudas de íris para protegê-las do vento forte, da neve e do gelo.

Calor excessivo:

Sombreamento: Durante períodos de calor intenso, forneça sombreamento para as mudas de íris, especialmente nas horas mais quentes do dia. Use telas de sombreamento ou guarda-sóis para bloquear a luz solar direta e reduzir o estresse causado pelo calor.

Rega adequada: O calor excessivo pode levar à evaporação rápida da umidade do solo, resultando em estresse hídrico para as plantas. Certifique-se de regar adequadamente as mudas de íris durante os períodos quentes para manter o solo úmido. Evite regar em excesso, pois o solo encharcado também pode ser prejudicial.

Camada de cobertura: Aplique uma camada de cobertura morta ou mulching ao redor das mudas de íris para ajudar a reter a umidade do solo e proteger as raízes do calor excessivo.

Horário de rega: É melhor regar as mudas de íris durante as horas mais frescas do dia, como de manhã cedo ou à noite. Isso permitirá que as plantas absorvam a água de maneira eficaz antes que o calor do dia se intensifique.

clima

Ofertas Especiais

Aceite os cookies e tenha uma melhor experiência em nosso site, consulte nossa Política de Privacidade.